Gestão de Saúde Pública

Nosso diferencial

QUAL A IMPORTÂNCIA DE CONTRATAR SERVIÇOS DE CONSULTORIA E ASSESSORIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA?

Existem objetos que são contratados com muita freqüência por todos os órgãos e entidades da Administração Pública. É importante, entretanto, que sempre seja definida a melhor modelagem, os critérios de julgamento e os cuidados na gestão desses contratos. Além disso, é fundamental conhecer as peculiaridades, regras de mercado e questões de ordem prática, de acordo com a natureza dos bens e serviços. Nesse ponto surge a importância de se ter a disposição uma equipe de Consultoria e Assessoria multidisciplinar, como ferramenta de otimização de recursos, ou seja, evitando gastos públicos inadequados ou equivocados, afastando casos de ineficiências na prestação de serviços públicos e, sobretudo, no prejuízo financeiro e moral da sociedade.

.

POR QUE CONTRATAR A EXATUS SOLUÇÕES ESRATÉGICAS?

No mercado encontram-se diversas empresas que atuam na área de Gestão Pública. Nesse grupo a Exatus se destaca, por possuir uma equipe multidisciplinar, constituída de profissionais da área da contabilidade (contadores e técnicos), Direito (advogados), de Sistemas da Informação, Enfermagem, Tecnólogos em Gestão Pública, dentre outros técnicos, devidamente qualificados e com experiência nas respectivas áreas, especialmente por que todos os profissionais, possuem experiência de longa data na área de gestão pública, com ênfase em serviços de saúde. 

Para além da qualificação técnica e experiência adquirida ao longo de trajetória, a equipe da Exatus está em constante aperfeiçoamento, em especial porque os profissionais atuam utilizando o método da práxis, ou seja, mistura de experiências, prática e pesquisas científicas. É o exemplo das ações voltadas para o problema da insuficiência de recursos que financiaram as atividades do SUS, em que a Exatus tem desenvolvido práticas de melhoria contínua na gestão das Unidades de Saúde. Os resultando têm apresentado ganhos significativos, decorrente da  eliminação de desperdícios, envolvimento e mobilização da sociedade civil e, sobretudo, das equipes de saúde, bem como a ampliação dos serviços ofertados.