Gestão de Saúde Pública

dezembro, 2016

CONFIRA AS NOTÍCIAS DO PERÍODO!

 

Exatus realiza dia de formação no Hospital Santa Rita de Jaboticaba

A equipe de técnicos da Exatus esteve reunida com os profissionais do Hospital Santa Rita na última segunda-feira (12/12). Na oportunidade discutiu-se as rotinas de produção e  faturamento dos atendimentos de saúde realizados no Hospital. Além das equipes de enfermagem e médicos, participaram do evento os profissionais administrativos da instituição e equipe de apoio. Dentre as atividades desenvolvidas, destacam-se as seguintes:

  • Faturamento Hospitalar/SUS;
  • Faturamento ambulatorial, alterações nas rotinas e incremento de novos procedimentos;
  • Rotinas de registros, revisão e incremento de produção;
  • Revisão dos prontuários e comissões permanentes;
  • Responsabilidade civil dos profissionais no registro dos arquivos médicos.

O encontro de formação foi ministrado pela Contadora Patrícia Schuh, especialista em Contabilidade Digital e Auditoria, se estendendo pelos turnos da manhã e tarde.

Registrou o Diretor da Exatus Raife Cardoso, que encontros como o realizado no Hospital Santa Rita são de suma importância para a qualificação dos serviços hospitalares em especial, do registro médico e de enfermagem. Destacou ainda Cardoso, que o Hospital Santa Rita teve um aumento de produção ambulatorial na casa de 20% nas últimas três competências (set. out. nov/2016).

whatsapp-image-2016-12-17-at-11-09-06 whatsapp-image-2016-12-17-at-11-09-15

.

.

.

.

.

.

FONTE: Exatus Soluções Estratégicas.

Hospital São Gregório regulariza salários em atraso

whatsapp-image-2016-12-12-at-13-31-49-1A Sociedade Cultural São Gregório de São Martinho anunciou em reunião com a equipe de profissionais na última sexta-feira 09/12/2016, a regularização dos salários e honorários médicos em atraso.

A dificuldade financeira dos hospitais filantrópicos é tema de repercussão em todo o Rio Grande do Sul desde o ano de 2015. Este cenário também passou a assolar a Sociedade Cultural São Gregório e se agravou em janeiro/2016 quando o Estado do Rio Grande do Sul – Secretaria Estadual da Saúde (SES/RS) suspendeu o pagamento do cofinanciamento para as Portas de Entrada Hospitalares de Urgência e Emergência.

Embora o Hospital São Gregório tenha conseguido liminar na justiça, a decisão judicial determinou apenas os pagamentos a partir de julho/2016. Isso gerou um déficit de R$ 453.600,00 nos cofres do hospital e se agravou com o passar dos meses.

.

FEDERAÇÃO DAS SANTAS CASAS DO RIO GRANDE DO SUL APONTA QUE 57% DAS INSTITUIÇÕES GAÚCHAS NÃO TÊM COMO PAGAR O 13º SALÁRIO.

A Federação das Santas Casas do RS realizou uma pesquisa junto à rede de hospitais filantrópicos do Estado, os resultados são preocupantes, especialmente nesta época do ano, com as obrigações com 13º salário e férias. Dados da pesquisa indicam que 23% das instituições ainda não conseguiu cumprir com o pagamento da primeira parcela do 13º salário, e o mais preocupante, 57% não têm como cumprir com a segunda parcela e nem mesmo têm previsão para tais pagamentos.

Leia mais sobre a matéria em: www.federacaors.org.br

FONTE: Hospital São Gregório.